[Vá com o Carmo] Jiro Taniguchi e a soberania do tempo em dois quadrinhos

Vivemos em um tempo que não nos pertence, vivemos na sociedade do efêmero, do simultâneo, do excesso, no tempo do consumo que acaba por consumir a nós mesmos. Quando pensamos nos quadrinhos ou na nossa relação com os quadrinhos (de quem lê e de quem faz) podemos facilmente perceber bem como esse “tempo do capital”Continuar lendo “[Vá com o Carmo] Jiro Taniguchi e a soberania do tempo em dois quadrinhos”

[Vá com o Carmo] Quatro Quadrinhos para pensar o nosso tempo

“Não, a pintura não é feita para decorar as paredes. É um instrumento de guerra ofensiva e defensiva contra o inimigo”. Picasso, 24 de março de 1945.