[Vem comigo] O Idiota

André Diniz me sai com uma adaptação de Dostoiévski em quadrinhos, com 400 páginas quase sem texto. Ousado! Se trata de O Idiota (Quadrinhos na Cia, 2018). Mas vem comigo praquele contexto gostoso: existiu no Brasil um momento que o governo, além de chegar ao poder por voto direto em vez de golpes legalista, também … Continue lendo [Vem comigo] O Idiota

[Vem Comigo] Castanha do Pará

Desde os tempos imemoriais, o fabuloso nos ajuda a contornar a crueza do mundo. Castanha do Pará é uma colcha de fatos tristes, a história de um menino triste, costurada com as cores fabulosas de Belém do Pará, uma grande cidade em meio à floresta mágica da Amazônia. Para além de todo o fascínio que … Continue lendo [Vem Comigo] Castanha do Pará

[Vem comigo] Sem dó

Há um encontro casual entre duas pessoas e dali surge uma história. Sem dó, de Luli Penna (todavia, 2017), que nem tantas outras obras, aposta nessa semente narrativa para seu livro. Não é apenas um velho truque da ficção pra nos deixar seguros com a história que brota, mas uma forma de entender que a … Continue lendo [Vem comigo] Sem dó

[Kitinete HQ] Bulevar dos sonhos partidos

Liber e Scama comentam sobre Bulevar dos sonhos partidos (todavia, 2017), de Kim Deitch. Dá o play! https://www.youtube.com/watch?v=vuRBJfjXiVI (Vale avisar que balbúrderes trabalharam nesse livro: Maria Clara Carneiro traduziu e Lielson Zeni fez a preparação do original) (Vale avisar também que Maria Clara já escreveu sobre outro trabalho do Deitch aqui no Balbúrdia)

[Vem comigo] Boxe

Senhoras e senhoras, no ringue hoje temos Alexandre Lourenço e sua revista em quadrinhos Boxe. "Deixa eu te explicar as regras: 1) falamos de quadrinhos na maciota; 2) o Alexandre Lourenço mantém coluna no Balbúrdia; 3) ele é meu amigo pessoal; 4) eu sou citado como personagem terceário na história; 5) acredito que consigo comentar essa … Continue lendo [Vem comigo] Boxe