[Kitinete HQ] Bulevar dos sonhos partidos

Liber e Scama comentam sobre Bulevar dos sonhos partidos (todavia, 2017), de Kim Deitch. Dá o play!

(Vale avisar que balbúrderes trabalharam nesse livro: Maria Clara Carneiro traduziu e Lielson Zeni fez a preparação do original)

(Vale avisar também que Maria Clara já escreveu sobre outro trabalho do Deitch aqui no Balbúrdia)

[Vem comigo] Boxe

Senhoras e senhoras, no ringue hoje temos Alexandre Lourenço e sua revista em quadrinhos Boxe.

Continue lendo “[Vem comigo] Boxe”

[Cuba Liber] 5:20

00

Naquele tempo…

Em junho de 1989, você podia entrar em uma banquinha de revistas ou procurar nos expositores dos supermercados e topar com a edição número 72 de O Incrível Hulk.

Continue lendo “[Cuba Liber] 5:20”

[De A a Z] Jimmy Corrigan sou eu

Mais uma resenha desenhada. Dessa vez, Jimmy Corrigan – O menino mais esperto do mundo (Quadrinhos na Cia., 2009). Volto à leitura anos depois do primeiro contato com esta HQ que é uma de minhas principais referências para pensar narrativa – enquanto seu tradutor, Daniel Galera, me é também inspiração importante para pensar a escrita.

Continue lendo “[De A a Z] Jimmy Corrigan sou eu”

[Vem Comigo] Erzsébet

CapaErzsebet

Conta a lenda que Elisabeth Báthory foi uma condessa húngara responsável por mais de 600 mortes. Digo “lenda” porque (de acordo com uma rápida pesquisa particular) há historiadores que propõem outras hipóteses, a principal sendo a que Isabel foi uma vítima política. A HQ do autor português Nunsky, não trata da segunda hipótese.

Continue lendo “[Vem Comigo] Erzsébet”