[Com vocês] E quem levou o Todos os Santos foi…

Henrique Artuni Bujan! Dentre o povo que mandou textinhos pra nós pra concorrer a um exemplar de Todos os Santos, de Marcello Quintanilha, o escolhido fez a microresenha de Transubstanciação, de Lourenço Mutarelli. Enviamos o livro, que já chegou e passa bem. Dentre todos os participantes só recebemos autorização de dois deles pra publicar seus … Continue lendo [Com vocês] E quem levou o Todos os Santos foi…

[Com Vocês] Promoção pra ganhar quadrinhos

Pessoas queridas: vamos mandar um exemplar de Todos os Santos (Veneta, 2018), do Marcello Quintanilha para a casa de algum de vocês aí. Mas como não existe almoço grátis, vamos escolher entre os valorosos que enviarem uma resenha sobre um quadrinho nacional com NO MÁXIMO 280 caracteres. Faz a resenha de Twitter e manda pra … Continue lendo [Com Vocês] Promoção pra ganhar quadrinhos

[Com vocês] Sérgio Chaves: listas são sempre injustas

Queridos leitores. A gente está mais lento nas postagens, mas esperamos garantir qualidade. Por um triz, quase perdi esse texto do Sérgio Chaves, que tinha nos enviado há um mês, sobre o Prêmio Grampo. Mas antes tarde do que nunca! Aí, com vocês, Sérgio Chaves, editor da Café Espacial. Beijos, MC É, a gente sabe. … Continue lendo [Com vocês] Sérgio Chaves: listas são sempre injustas

[Aberturas] A história da Dundum

Gilmar Rodrigues escreve sobre a revista Dundum, lançada no começo da década de 1990 no Rio Grande do Sul, e que sofreu tentativa de censura por parte dos políticos de Porto Alegre. Clique nas imagens abaixo para ver o texto diagramado por Sílvio Silveira: Dundum - a história em quadrinhos Por Gilmar Rodrigues 1990 - … Continue lendo [Aberturas] A história da Dundum

[Aberturas] Quando nós somos Sísifo

Pedimos a Alisson da Hora* para nos escrever sobre literatura e censura, e ele nos entregou esse belo texto.   Quando nós somos Sísifo Camus se viu obrigado a suprimir na primeira edição de O mito de Sísifo o pequeno texto “A esperança e o absurdo na obra de Franz Kafka”, por conta de, numa França … Continue lendo [Aberturas] Quando nós somos Sísifo