Prêmio UGrampo 2019: uma homenagem do Prêmio Grampo e da Ugra aos quadrinistas em resistência

O ano que passou avivou as marcas de nossos abismos: somos política, social, cultural e afetivamente tensionados. O processo eleitoral de 2018 aclarou o que já existia, campos ideológicos complexos e guerra latente entre os que querem conservar tudo que tá aí e os que querem direitos e inclusão para todos. No meio desse abismo … Continue lendo Prêmio UGrampo 2019: uma homenagem do Prêmio Grampo e da Ugra aos quadrinistas em resistência

[Vem Comigo] Arrecém

Arrecém (Ugra Press, 2017), de Diego Gerlach, traz pro centro do palco moradores de rua que são flanelinhas. Ou melhor, leva o palco pro meio da rua. Moradores de rua fazem parte do cenário urbano e constatar isso com indiferença ilustra o tipo de sociedade que construímos. Pessoas que dormem no chão sujo, comem do … Continue lendo [Vem Comigo] Arrecém

[Bartheman] Da solidariedade icônica

Julie Doucet, autora canadense da geração de Seth, Chester Brown, Adrian Tomine, tem um trabalho interessantíssimo. Não é só sobre ela que vou escrever aqui, mas gostaria de partir dessa página acima para divagar um pouco sobre quadrinhos. Ela escreveu diários em quadrinhos, autoficções e relatos de sonho, mas hoje prefere fazer poemas visuais. Seu trabalho … Continue lendo [Bartheman] Da solidariedade icônica

[Videoshow] Camisetas do Balbúrdia + zine Congestionamento

Papo rápido porque propaganda é rápida. E direta. E cheia de pausas. Temos o zine do André Valente Congestionamento. Ele custa R$ 7. Você também pode comprar seu exemplar na Itiban em Curitiba ou na Ugra em São Paulo. Congestionamento surgiu de uma proposta de exercício oubapiano na coluna 1, 2, 3... já!, da Maria … Continue lendo [Videoshow] Camisetas do Balbúrdia + zine Congestionamento

[Bartheman] Minha lista grampo: obrigada por esperar

“Não fazer nada, olhar a grama crescer. Deixar-se levar pelo curso do tempo: fazer um café, tomar um copo d’água… Fazer de sua vida um domingo.” (R.B.) A verdade, na verdade, é que este texto deveria ter ficado pronto em janeiro. Poderia dizer que o ano só começa na terceira semana útil depois do carnaval, mas … Continue lendo [Bartheman] Minha lista grampo: obrigada por esperar