[1, 2, 3… já!] Listas!

CLBD10[1]

Oficina virtual de quadrinhos potenciais

Coluna para difundir e motivar atividades Oulipo-oubapianas, em que todos possam participar enviando suas produções a partir das proposições.

Eu disse, na última coluna, que não paro de falar em Gerner. VENHA ME CALAR! Então, outra técnica que ele usa muito – e é queridíssima pelos oulipianos – é a confecção de listas.

Continue lendo “[1, 2, 3… já!] Listas!”

[Balbúrdia TV] Uma pilha de livros

IMG_20170727_133718_660.jpgNada mais aleatório que fazer uma lista. Ainda mais uma lista de livros brotada de uma pilha de livros que estavam ali, reunidos, apenas por falta de espaço nas estantes. Lielson Zeni e Maria Clara Carneiro apresentam para vocês os livros dessa lista, falando o que podiam falar em 14 segundos.  Continue lendo “[Balbúrdia TV] Uma pilha de livros”

[Teteia pura] Minha Vida em 9 Gibis

Comic-Books

SEXO!

Agora que tenho a atenção de vocês, vamos ao que interessa: nossa vida é marcada por várias coisas. Algumas dessas coisas são os produtos que consumimos, certo? Materiais que ditam a cultura, adaptam/modificam o nosso pensamento, esclarecem dúvidas, geram perguntas. Já pra explicar de cara, é disso que se trata este texto.

Continue lendo “[Teteia pura] Minha Vida em 9 Gibis”

[Prêmio Grampo] Dados, dados, dados

Objeto criado por Aurélie Noury, Un coup de dés jamais n'abolira le hasard (rubik's cube), 2005 Encre noire appliquée au pochoir, 6,3 x 6,3 x 6,3 cm
Objeto criado por Aurélie Noury, Un coup de dés jamais n’abolira le hasard (rubik’s cube), 2005 Encre noire appliquée au pochoir, 6,3 x 6,3 x 6,3 cm

Uma das coisas que mais gosto dessas listas do Grampo é quanto número e dados conseguimos ao cruzar as listas. E é exatamente isso que vai ter aqui.

Continue lendo “[Prêmio Grampo] Dados, dados, dados”

[Cuba Liber] Grampo 2017 por Liber Paz

grampo

Eu desconfio de listas, prêmios ou rankings. Não tenho certeza se realmente servem pra alguma coisa, além de mexer com egos. Afinal, quando dizemos que fulano ou beltrana é o ou a “melhor” do ano,  sempre cabe perguntar: melhor pra quem? Por quê? Quais os critérios? Quais as intenções em escolher um melhor? Continue lendo “[Cuba Liber] Grampo 2017 por Liber Paz”