[Bartheman] Fragmentos do desamor contemporâneo

Era o final de dois anos de aulas de francês para uma turminha querida, e levei para eles meu capítulo favorito do meu livro favorito: “A espera”, dos Fragmentos de um discurso amoroso (Francisco Alves, 2001, tradução de Hortênsia dos Santos)de Roland Barthes. Espera. Tumulto de angústia suscitado pela espera do ser amado, no decorrerContinuar lendo “[Bartheman] Fragmentos do desamor contemporâneo”

[Balbúrdia Café] Dia do Quadrinho Nacional e dia da Visibilidade Trans

Na última segunda-feira, 31 de janeiro, participamos da 259ª edição do podcast ao vivo Primeiro Café, apresentado por Lucas Rohan. Segue o texto que Lielson e eu bolamos para os assinantes do correio eletrônico diário do programa, agora com IMAGENS.

[Vá com o Carmo] “Incidentes da Noite”: Uma leitura de outra ordem

Em INCIDENTES DA NOITE, de David B. (Veneta, 2021, tradução de Maria Clara Carneiro) o leitor é convidado a flanar por Paris na companhia do alter ego de seu autor em uma aventura livresca que vai de Jorge Luis Borges à Arturo Pérez-Reverte, autor de O Clube Dumas, imortalizado no cinema por Roman Polanski noContinuar lendo “[Vá com o Carmo] “Incidentes da Noite”: Uma leitura de outra ordem”