[Vem Comigo] Found Footage

Found Footage (independente, 2019) é um quadrinho que apoiei no Catarse, escrito e desenhado pelo Marvin Rodriguez, e que lida com o aspecto mais sombrio e criminoso da deepweb e, sobretudo, do cinema.

Comentem aí se eu tiver enganado, mas tenho impressão que o quadrinho de gênero feito no Brasil está mais presente do que, sei lá, uma década atrás. E eu comecei a prestar mais atenção nos últimos anos, especialmente, nos materiais de terror. Nessas produções, além de uma pancada de homenagens a Lovecraft, há também quem busque um viés menos cosmológico e mais realista, e é aqui que encaixo o trabalho de Marvin Rodriguez.

Found Footage é uma história sobre snuff movies (filme documental de crimes, sobretudo espancamento e assassinato). A escalada perversa do snuff não é apenas captar uma ação real meio na MOCADA, mas sim produzir um filme em que a violência é real, em que as vítimas são reais. O lance é que aquelas vítimas valem menos que o sadismo asséptico de quem vê pela tela e não sente o cheiro do sangue.

Com esse tema, Rodriguez conduz uma história de terror de ritmo bom (elemento importantíssimo no gênero), em que o leitor vê só o que foi captado por uma câmera – tipo de artifício muito adequado e bem inteligente, mas que leva, vez ou outra, a dar uma forçadinha pra manter a câmera ligada. Essa opção estética também leva a um livro de formato horizontal com um único quadro por página.

A arte realista de expressões simplificadas (uma escola meio Darwyn Cooke) de áreas de preto inteiras e sem hachuras cria bem esse ambiente sombrio para a trama, que também inclui ruídos na imagem, para aumentar a percepção de que se vê o que foi captado pela câmera.

O Marvin até entrou em contato com a gente pra ajudarmos na divulgação do financiamento coletivo meses atrás, o que não conseguimos fazer por pura e plena falta de tempo (malzaê, cara), mas ele conseguiu fazer o livro, vivas! Aqui tem uma prévia do quadrinho. Quem se interessou por Found Footage, consegue comprar a obra pelo Facebook do camarada.

Este texto é parte de um esforço pessoal de escrever constantemente aqui, algo breve ainda que de algum interesse sobre quadrinhos do que li recentemente ou que puxei da estante e me levou a uma boa memória.

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s