[Videoshow] Feira Miolo(s)

Maria Clara Carneiro e Lielson Zeni (eu, no caso) falaram sobre falar de quadrinhos por quase uma hora na biblioteca Mario de Andrade, em São Paulo, na Feira Miolo(s). Vai no vídeo:

Camisetas do Balbúrdia.

Teve também esta fala bacanuda de Ligaya Salazar (com tradução consecutiva de Cecilia Arbolave) sobre o cenário inglês de quadrinhos independentes.

E aqui você vê todas as falas da Miolo(s) 2017.

[Bartheman] Defesa ilustrada da crítica das histórias em quadrinhos

balbs t shirt gerlach.gif
Ilustração do © Diego Gerlach (2017) para o empreendimento Camisas Balbúrdia

Nesse mês que termina, participamos de eventos e conversas, e lemos outras tantas discussões dos mais diversos níveis sobre a crítica. Escrevi sobre isso há bastante tempo, para a Antílope 1, mas uma das coisas mais comuns quando a gente escreve sobre a crítica, é que a massa crítica é bem reduzida, as bolhas são limitadas, e a gente acaba só “pregando para convertidos”. Fica chato me repetir e, ainda por cima, acho deselegante entrar nesse assunto, nessas conversas com meu distintivo de Crítica. Mas então, como aqui é um espaço seguro, e só a Maíra e o namorado dela vão ler mesmo, vou só apresentar algumas coisas que vêm roendo minha cachola, fazendo, em primeiro lugar, um apanhadinho histórico, depois mais específico sobre as histórias em quadrinhos, e em seguida uma breve avaliação dessa guerra polissêmica sobre escrever sobre histórias em quadrinhos. Continue lendo “[Bartheman] Defesa ilustrada da crítica das histórias em quadrinhos”

[Parlatório] Pedro Moura

Na semana passada postamos uma entrevista com uma das convidadas da Des.Gráfica 2017, Dominique Goblet. Hoje é a vez do outro convidado, o pesquisador, crítico e escritor português Pedro Moura.

Continue lendo “[Parlatório] Pedro Moura”

[Balbúrdia TV] Viajando nos zines

Por motivos diversos, estaremos postando menos essa semana. Mas venha com a gente nessa viagem. Vamos falar sobre zines?

[Balbúrdia TV] Zines, Valente, oubapo e crítica de quadrinhos

Estamos nos corres pro UGRAFEST. Dá o play na lista abaixo que você vai entender.