[Vá com o Carmo] Existe uma vanguarda dos quadrinhos ou quadrinhos de vanguarda?

A partir de um contexto histórico-político-social conturbado, despontam na Europa do início do século XX tendências artística que colocavam em xeque as convenções de representação que já vinham perdendo espaço desde o final do século anterior. As assim chamadas correntes de vanguarda punham em marcha práticas artísticas inovadoras, radicalizando com as formas de representação doContinuar lendo “[Vá com o Carmo] Existe uma vanguarda dos quadrinhos ou quadrinhos de vanguarda?”