[Vem Comigo]Música pra gibi: Tracker

Se você não leu, provavelmente ao menos já ouviu falar da graphic novel Retalhos (Blankets, no original), escrita e desenhada pelo Craig Thompson. Mas caso ela nunca tenha passado pelas suas vistas ou pelas suas mãos, trata-se de uma história autobiográfica que conta como o autor, criado numa cidade interiorana e religiosa, entra na adolescência, descobre o amor e passa a questionar a própria fé, suas visões de mundo e suas relações.

retalhos-capa
Capa da edição brasileira de Retalhos

 

É um gibi de uma sensibilidade ímpar, verdadeiramente tocante. Thompson, artista de traço leve, por vezes compõe páginas complexas e impactantes. Uma das obras que mais guardo com carinho (e uma ótima opção pra emprestar àquelas pessoas que não são familiarizadas com os quadrinhos distantes do universo dos super-heróis). Lá fora, saiu em 2003, pela Top Shelf. Aqui no Brasil, chegou apenas em 2009, pela Companhia das Letras.

Mas na real, não é bem de Retalhos que quero falar. Mas da trilha sonora dela.

Outra coisa da qual você já tenha ouvido falar é dos saldões anuais da Top Shelf, em que a editora vendia uma porrada de quadrinhos bacanas, com preços entre US$ 1 e US$ 10. O frete pro Brasil encarecia um pouco, mas o lance era juntar uma galera e rachar o custo – ainda mais numa época em que o dólar valia pouco mais de R$ 2,50 (aiai, saudades). Foi aí que, além dos gibis, acabei esbarrando com um CD.

capa tracker

Trata-se de um álbum gravado pela banda Tracker, da cidade norte-americana de Portland; na capa, um desenho com os personagens de Retalhos e a inscrição: “gravações para a novela ilustrada Retalhos, por Craig Thompson”. Essas são intersecções sempre interessantes; e fiquei curiosa pra saber que tipo de som teria sido criado a partir da melancolia que perpassa toda a obra. Botei no carrinho. E não me arrependi.

São dez faixas instrumentais que podem ser descritas como uma mistura de low rock e dream pop – minha primeira referência seria mesmo o Explosions in the Sky. As músicas passeiam por momentos de delicadeza e ruído, invocando da calmaria à tensão, do êxtase à angústia: uma trilha que se encaixa perfeitamente à história que a inspirou, fazendo jus à obra com seus arranjos bem construídos e envolventes.

Mesmo que você ainda não tenha lido Retalhos, recomendo a audição – e mais ainda caso tenha. Dá pra sacar o som aqui.

Publicado por Dandara Palankof

[singing] "Someone send a runner through the weather that I'm under for the feeling that I lost today..."

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Vitralizado

Conteúdo aleatório justaposto em sequência deliberada

Vida Offline

Auto ficção

OutraCozinha

Comida é só uma desculpa pra falar do que nos mantém vivos

MONOTIPIA | MAG

Monotipia | revista digital

turgescência

maíra mendes galvão

MAKE MATTERS WORSE

How to improve the world

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Blog da Itiban

alimente-se

Liberpaz's Blog

Just another WordPress.com weblog

comic books from brazil

comic books from brazil

Lugar Certo

Tudo está no lugar certo

balbúrdia

Falamos de quadrinhos na maciota

forumsocialurbano.wordpress.com/

De 22 a 26 de março de 2010

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: