[Vem Comigo] Helter Skelter

Um tempo atrás, em minhas andanças virtuais pela Amazon, dei de cara com um    mangá chamado Helter skelter, da Kyoko Okazaki. O livro reúne uma história que foi publicada seriada, entre julho de 1995 e abril de 1996, na revista japonesa “Feel Young”. E chegou aqui em terras brasilis no ano passado, pela editora NewContinuar lendo “[Vem Comigo] Helter Skelter”

[Palankeria] “Obviously, you’ve never seen a tranny before”: uma análise de Lord Fanny, dos Invisíveis

Depois de passagens muito breves em outras editoras, finalmente uma das melhores séries da Vertigo vai ser concluída no Brasil: falta só um volume pra Panini completar a saga de Os Invisíveis, escrito pelo ame-ou-odeie Grant Morrison (eu amo, bem muito).

[Vem Comigo] Paseo de la Historieta e Museo del Humor

É praticamente obrigatório que todo turista em visita à Buenos Aires tire uma foto com a estátua da Mafalda, que fica ali no bairro de San Telmo – e eu não tinha intenção alguma de que comigo fosse diferente. Mas minha surpresa começou na descoberta de que não é apenas a Mafalda que está ali:Continuar lendo “[Vem Comigo] Paseo de la Historieta e Museo del Humor”

[Vem Comigo]Música pra gibi: Tracker

Se você não leu, provavelmente ao menos já ouviu falar da graphic novel Retalhos (Blankets, no original), escrita e desenhada pelo Craig Thompson. Mas caso ela nunca tenha passado pelas suas vistas ou pelas suas mãos, trata-se de uma história autobiográfica que conta como o autor, criado numa cidade interiorana e religiosa, entra na adolescência, descobreContinuar lendo “[Vem Comigo]Música pra gibi: Tracker”