Tags

, ,

Arte de João Lin

A greve geral anunciada pra amanhã, dia 28 de abril, foi motivada pelas propostas do poder executivo de reforma das leis trabalhistas (aprovada ontem) e da previdência. Tais mudanças são impostas à população, negando um programa de governo legitimamente eleito do qual Temer fazia parte e que não propunha essas reformas dessa maneira. Percebe-se aí que esses que estão hoje na presidência ouvem ou não a voz das ruas de acordo com a conveniência.

Nossa pequena parte nisso é não postar conteúdo amanhã, retornando nossas 3 postagens semanais (ou algo perto disso) a partir de maio.