[Vem Comigo] Peur(s) du noir

peursdunoir_poster

Gentem, passando só pra deixar uma dica de firmer. Não é novidade/lançamento, mas não vi essa teteia comentada por aí, então, achei justo um toque.

Peur(s) du Noir é uma animação francesa com 5 curtas metragens de terror, todos em lindíssimo preto e branco e feitos por quadrinistas (e um artista gráfico). E vou te contar, os nomes não são fracos. Saca só: Blutch, Charles Burns, Richard McGuire, Lorenzo Mattotti, Marie Caillou e Pierre Di Sciullo. BOOOOM!

Cada segmento tem uma proposta estética e narrativa distinta (as do Blutch e do Charles Burns são, provavelmente, as de identificação imediata com cada autor), e variam do enredo mais simples (ao meu ver, Blutch) até o mais subjetivo. Pra fãs de terror e/ou desses quadrinistas, é certo que o filme vai agradar. São histórias góticas, sem os clichês básicos do gênero e reproduzidos incansavelmente no cinema, com uma pegada gótica, metafórica, de ritmo compassado. (eu não vou colocar as sinopses de cada história aqui. Isso seria encher linguiça. Veja o filme).

fears_1

fears-of-the-dark-3

Além disso, 4 compositores monstruosos assinam uma trilha sonora atmosférica, de ambientação. Os nomes: Rene Aubry, Laurent Perez del Mar, Boris Gronemberger e George VanDam.

Caso você não conheça os autores do filme, corre atrás dos quadrinhos deles. Ficam as dicas: Blutch, Péplum (Cornelius, 1998 – não publicado no Brasil). Charles Burns, leia tudo, mas acho que o excelente Black Hole (Conrad, 2 volumes: 2007, 2008/republicação recentemente anunciada pela Darkside) seria a melhor sugestão. Mattotti, corre atrás do maravilhoso Estigmas (Conrad, 2003) e Fires (Penguin, 1986 – não publicado no Brasil). Aqui, do McGuire, tá quentinho saído do forno da Cia das Letras (2017) e é um dos melhores gibis que já li na vida. Nunca li nada da Marie Caillou e conheci o trabalho do Pierre Di Sciullo nesse filme.

Você encontra o filme no Youtube, mas vou deixar o link do trailer também porque eu adoro trailers:

Aqui vai o firmer:

E um link com uma das minhas músicas favoritas do Rene Aubry de brinde (meu compositor favorito da lista SUPRACITADA!). Pense nesse som como as músicas no final dos eps da última temporada de Twin Peaks.

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Vitralizado

Conteúdo aleatório justaposto em sequência deliberada

Vida Offline

Auto ficção

OutraCozinha

Comida é só uma desculpa pra falar do que nos mantém vivos

MONOTIPIA | MAG

Monotipia | revista digital

turgescência

maíra mendes galvão

MAKE MATTERS WORSE

How to improve the world

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Blog da Itiban

alimente-se

Liberpaz's Blog

Just another WordPress.com weblog

comic books from brazil

comic books from brazil

Lugar Certo

Tudo está no lugar certo

balbúrdia

Falamos de quadrinhos na maciota

forumsocialurbano.wordpress.com/

De 22 a 26 de março de 2010

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: