[A Consciência de Zeni] Dicionário Crítico

Este texto é um pouco engodo, porque a marca [A Consciência de Zeni] é pra colunas. Hoje, vai só um link, mas vale como uma coluna.

Uma publicação de texto meu em dossiê voltado para as histórias em quadrinhos, organizado pelo Ciro Marcondes, do Raio Laser, e Alexandre Linck, do Quadrinhos na Sarjeta.

Sugiro um passeio por toda a revista, mas como sou de vaidades, este aqui é meu artigo. É uma versão da minha apresentação no Jornadas Internacionais de Quadrinhos de 2019.

Eu tentei hackear o estilo de Walter Benjamin (o Kenneth Goldsmith achou um quadrinho com o Benjamin! foi de lá que peguei a imagem de abertura, mas até o momento não identificamos seu autor), misturar com o de Georges Bataille na produção de um dicionário crítico de histórias em quadrinhos. O porquê de ser dicionário, da escolha dos estilos e os próprios verbetes estão explicadinhos lá no artigo, que convido geral pra ler.

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s