[Aberturas] Quando nós somos Sísifo

Pedimos a Alisson da Hora* para nos escrever sobre literatura e censura, e ele nos entregou esse belo texto.   Quando nós somos Sísifo Camus se viu obrigado a suprimir na primeira edição de O mito de Sísifo o pequeno texto “A esperança e o absurdo na obra de Franz Kafka”, por conta de, numa França … Continue lendo [Aberturas] Quando nós somos Sísifo

[Aberturas] Felipe Portugal sobre a incoerência do MBL

Agradecemos ao Felipe Portugal por essa reflexão. Nossa posição, como definimos, é a de manter esse espaço de aberturas. Estamos abertos a contribuições.