[A consciência de Zeni] Ceci n’est pas une BD

Ceci n’est pas une BD

Clique nas imagens pra ver mais.

Love Hate, de Ben Allen (2012)
SLOH: Tom & Jerry, de Gregoire Guillemin (2017)
Tintin reading, de Roy Lichtenstein (1993)
Santo Sudário, de Adão Iturrusgarai (2017)
Sem título, de Jaca (s/d)
The Rut, de Dave McKean (da exposição Hypercomics)
La Ferme des animaux, de Loo Hui Phang / Blexbolex (2014)
Encenação Histoire d’Amour, sa companhia Teatrocinema (2014)
A tapeçaria de Bayeux
Vaso de Wark (3000 aC)
Retábulo da Virgem (1320)
Boite-en-valie, de Marcel Duchamp (1935-1941)
Navy, de Jochen Gerner (Panorama du feu, 2009)
Sketeton, de George Horner (2016)
Tableau (amarelo, preto, azul, vermelho e cinzento), de Piet Mondrian (1923)

Caroline Baldwin, de Taymans & wesel

Jimmy Corrigan – Série “Relecture”, de Jochen Gerner (Arts magazine, décembre 2012)
Spoder-Man, de Luciano Drehmer (2015)
#374 Miss Samples M, de Samplerman (2017)
Zé Carioca no. 4, A Volta de Zé Carioca (1960). Edição Histórica, Ed. Abril, de Riviane Neuenschwander
(2004)
“Walking and turning around rapidly with a satchel in one hand, a cane in the other”, de Eadweard Muybridge (1887)
Autorretrato, de Andy Warhol (1966)

Le dormers, Sophie Calle (1979)

Nu descendo a escada n.2, de Marcel Duchamp (1912)

 

2 comentários em “[A consciência de Zeni] Ceci n’est pas une BD”

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s