[Vem comigo] Gefangene

Dia desses, conversando com outros dois amigos, lembramos de Gefangene, do Koostella (Zarabatana, 2010). Lembramos como lembramos bem do livro, toda sua estrutura, e seu prefácio impactante: Gefangene provavelmente circulou pouco, desses livrinhos reservados a um nicho de leitores de quadrinhos mais conceituais, embora sua leitura seja extremamente simples e o tema bem atual.

[Prêmio Grampo] Como listar livros que não li

Vim para falar da minha lista do Grampo 2019 e acabei deslizando umas ideias aqui sobre listas de modo geral. […] a lista é a própria marca dos primórdios de uma civilização de escrita. Mas […] a lista está para o lado da simples grafia, do registro, não do estilo. Ela serve a anotar dadosContinuar lendo “[Prêmio Grampo] Como listar livros que não li”

[Parlatório] Pedro Moura

Na semana passada postamos uma entrevista com uma das convidadas da Des.Gráfica 2017, Dominique Goblet. Hoje é a vez do outro convidado, o pesquisador, crítico e escritor português Pedro Moura.

[1, 2, 3… já!] Listas!

[1] Oficina virtual de quadrinhos potenciais Coluna para difundir e motivar atividades Oulipo-oubapianas, em que todos possam participar enviando suas produções a partir das proposições. Eu disse, na última coluna, que não paro de falar em Gerner. VENHA ME CALAR! Então, outra técnica que ele usa muito – e é queridíssima pelos oulipianos – é aContinuar lendo “[1, 2, 3… já!] Listas!”

[1, 2, 3… já!] Jochen Gerner

Oficina virtual de quadrinhos potenciais Coluna para difundir e motivar atividades Oulipo-oubapianas, em que todos possam participar enviando suas produções a partir das proposições.   Não paro de falar de Jochen Gerner, mas parece que não é o suficiente. Pois então: precisamos falar sobre o Gerner.