[Balbúrdia Café] Marcello Quintanilha vence o Fauve d’Or

Escuta, formosa Márcia

O Balbúrdia Café dessa semana vem com calorzinho no peito: Marcello Quintanilha, autor brasileiro conhecido por seus romances gráficos realistas retratando periferias, venceu o Prêmio Fauve d’Or de Angoulême, um dos mais importantes para artistas de histórias em quadrinhos no mundo (o festival deste ano teve cobertura dos canais Raio Laser HQ e EuroComics direto de Angoulême). Seu livro Escuta, formosa Márcia (Veneta, 2021) chegou simultaneamente em português e francês, e os balbúrderes Lielson Zeni e Maria Clara Carneiro vão comentar um pouco o livro, o prêmio e seus entornos.

Segue a íntegra do post que foi para a Newsletter do seu, do nosso podcast ao vivo de todas as manhãs, o Primeiro Café.

Muitos links sobre o autor

–   Panorama de sua obra por Daniel dos Santos, no Balbúrdia.

–   Alguns livros dele no site da editora Veneta, como Escuta, formosa Márcia (2021), Luzes de Niterói (2019), Todos os Santos (2018), Hinário Nacional (2016), Talco de vidro (2015) e Tungstênio (2014).

–   Se quiser ler trechos em francês, a editora Ça et là disponibiliza em seu site, com traduções de Dominique Nedellec, Christine Zonzon e Marie Zeni (não é prima do Lielson!).

–   O filme Tungstênio, adaptação do quadrinho de Heitor Dhalia (2018), disponível para aluguel e compra no Google Play, YouTube e Apple TV.

–   Entrevistas e textos: “Perfil quadrinístico” de Marcello Quintanilha no Canal Papo Zine de Carlos Neto; “Nada é mais urgente do que parar o genocídio”, no Vitralizado; um ensaio de Paulo Cecconi sobre Hinário Nacional, uma entrevista antiguinha do autor pro Lielson e a resenha de Frédéric Hojlo para o ActuaBD.

E mais:

–   Site do Prêmio Grampo, conduzido por Lielson Zeni, Maria Clara Carneiro e Ramon Vitral (essa semana saem as datas do prêmio 2022!) e post sobre a última vez que Quinta despontou no certame;

–   Live do Balbúrdia com Robson Vilalba, autor de Um grande acordo nacional (comentado no episódio 274 do Primeiro Café) na terça-feira, 19h;

–   Um quadrinho de Alexandre Lourenço sobre um encontro com Quintanilha.

Música da banda Fatherkid, da presidente do júri de Angoulême deste ano.

Publicado por mckamiquase

Maria Clara Ramos Carneiro on ResearchGate https://orcid.org/0000-0003-2332-1109

Um comentário em “[Balbúrdia Café] Marcello Quintanilha vence o Fauve d’Or

E o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Vitralizado

Conteúdo aleatório justaposto em sequência deliberada

Vida Offline

Auto ficção

OutraCozinha

Comida é só uma desculpa pra falar do que nos mantém vivos

MONOTIPIA | MAG

Monotipia | revista digital

turgescência

maíra mendes galvão

MAKE MATTERS WORSE

How to improve the world

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Blog da Itiban

alimente-se

Liberpaz's Blog

Just another WordPress.com weblog

comic books from brazil

comic books from brazil

Lugar Certo

Tudo está no lugar certo

balbúrdia

Falamos de quadrinhos na maciota

forumsocialurbano.wordpress.com/

De 22 a 26 de março de 2010

%d blogueiros gostam disto: