Super-heróis não fazem mal para nossa cultura

Esses dias eu li o livro Super-Homem e o romantismo de aço, do Rogério de Campos, e fiquei ruminando algumas coisas. A partir da análise do personagem do título, o livro procura entender e faz uma abordagem bem crítica dos super-heróis enquanto fenômeno cultural.

[Cuba Liber] Minha lista do Grampo

Hey! Feliz ano novo! Fazer listas é dizer tchau pra 2017, que aliás foi muito bacana em termos de gibis, né? Muita coisa boa. Meu método pra fazer a lista pro Prêmio Grampo 2018 foi sentar num sofá, relaxar e anotar o nome dos gibis que eu li e que conseguia lembrar. Minha ideia eraContinuar lendo “[Cuba Liber] Minha lista do Grampo”

[Teteia Pura] Bora recolher os Grampos

Mais um ano, mais um Grampo, mais dor de cabeça pra hierarquizar os gibis, mas lágrima ferventes de arrependimento meses depois escorrendo da vontade de ter colocado alguns em outras posições. Vamos a mais um texto da (minha) lista do (nosso) prêmio.