[Com Tudo] Prêmio Jabuti para Quadrinhos

Em 2017 teve a primeira premiação para a categoria História em Quadrinhos no Jabuti, um dos mais importantes prêmios do mercado livreiro brasileiro. Falamos um pouco de como isso aconteceu, conversamos com os jurados do prêmio e comentamos os livros da lista final. Continue lendo “[Com Tudo] Prêmio Jabuti para Quadrinhos”

[Videoshow] Camisetas do Balbúrdia + zine Congestionamento

Papo rápido porque propaganda é rápida.

E direta.

E cheia de pausas.

Temos o zine do André Valente Congestionamento.

Ele custa R$ 7.

Você também pode comprar seu exemplar na Itiban em Curitiba ou na Ugra em São Paulo.

Congestionamento surgiu de uma proposta de exercício oubapiano na coluna 1, 2, 3… já!, da Maria Clara Carneiro aqui no Balbúrdia. Mais especificamente NESTA COLUNA AQUI.

Temos também camisetas do Balbúrdia:

A amarela com arte do DW (responsável pelo Balbúcio, nosso mascote), nos tamanhos M, G, GG e XG

A cinza com arte de Diego Gerlach (que fez o topo do blog), nos tamanhos M, G, GG e XG

Ambas são modelo masculino e custam R$ 60 + envio.

Poucas camisetas (2 de cada, pra ser honesto) estão disponíveis na Ugra Press em São Paulo.

As medidas das camisetas são:

M: 52 x 75 cm (largura x altura)
G: 57 x 75 cm (largura x altura)
GG: 59 x 75 cm (largura x altura)
XG: 68 x 78 cm (largura x altura)

Os pagamentos são por depósito bancário, via PagSeguro da UOL ou PayPal. Se tiver interesse, entre em contato pelo balburdeio@gmail.com.

[Balbúrdia TV] Viajando nos zines

Por motivos diversos, estaremos postando menos essa semana. Mas venha com a gente nessa viagem. Vamos falar sobre zines?

[Balbúrdia TV] Zines, Valente, oubapo e crítica de quadrinhos

Estamos nos corres pro UGRAFEST. Dá o play na lista abaixo que você vai entender.

[Bartheman] Corpos inviáveis

photo5030747528437540797.jpg
Jeanine, de Matthias Picard © L’Association, 2011

Jeanine está sendo entrevistada por um rapazote, o Matthias Picard. A um determinado momento, ela percebe rabiscos no caderno dele, a quem ela confiava a sua história:

– Você está desenhando quem?
– Seu pai.
– Mas… você não sabe como ele se parece.
– Não, eu imagino.
– Ele era italiano, o meu pai… Continue lendo “[Bartheman] Corpos inviáveis”