[Vem comigo] O que conto quando conto uma piada

Tem já bastante tempo, recebemos uns zines de um amigo de amigos. Umas linhas mal desenhadas, um senso de humor corrosivo. Era logo no começo do Balbúrdia, acabei postergando escrever sobre os zines e o humor. Estou sempre postergando escrever alguma coisa aqui – juro que tenho até uma lista –, e agora o mesmoContinuar lendo “[Vem comigo] O que conto quando conto uma piada”

[Vem comigo] Claire Bretécher

Há muito tempo gostaria de escrever sobre a Claire Bretécher. Pena conseguir apenas hoje, dia da morte da autora, aos 79 anos. Bretécher, uma grande socióloga, segundo Roland Barthes, descrevia a hipocrisia burguesa e seu tédio. Começou a fazer quadrinhos nos anos 1960, tendo participado da Pilote de René Goscinny, e fundado a Écho desContinuar lendo “[Vem comigo] Claire Bretécher”

Vitralizado

Conteúdo aleatório justaposto em sequência deliberada

Vida Offline

Auto ficção

OutraCozinha

Comida é só uma desculpa pra falar do que nos mantém vivos

MONOTIPIA | MAG

Monotipia | revista digital

turgescência

maíra mendes galvão

MAKE MATTERS WORSE

How to improve the world

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Blog da Itiban

alimente-se

Liberpaz's Blog

Just another WordPress.com weblog

comic books from brazil

comic books from brazil

Lugar Certo

Tudo está no lugar certo

balbúrdia

Falamos de quadrinhos na maciota

forumsocialurbano.wordpress.com/

De 22 a 26 de março de 2010