[Bartheman] Da solidariedade icônica

Julie Doucet, autora canadense da geração de Seth, Chester Brown, Adrian Tomine, tem um trabalho interessantíssimo. Não é só sobre ela que vou escrever aqui, mas gostaria de partir dessa página acima para divagar um pouco sobre quadrinhos. Ela escreveu diários em quadrinhos, autoficções e relatos de sonho, mas hoje prefere fazer poemas visuais. Seu trabalho … Continue lendo [Bartheman] Da solidariedade icônica

[A Consciência de Zeni] Quadrinhos abstratos? – parte 2

Ainda na ressaquinha da Bienal de Quadrinhos de Curitiba, aproveito meus dias no interior do Paraná pra continuar a investigação abstrata sobre quadrinhos abstratos. O “parte 2” do título não é zoeira, não. Basta clicar nesta frase aqui e ver a parte 1 – que recomendo, por mais que eu faça aquela retomada sapeca abaixo. … Continue lendo [A Consciência de Zeni] Quadrinhos abstratos? – parte 2